Aproveite o feriado prolongado e conheça as mais belas praias do litoral potiguar

16 de fevereiro de 2015
Comentaristas:

O litoral potiguar é uma ótima alternativa para aqueles que querem fugir da folia dos festejos de Momo. Neste feriado prolongado, ainda dá tempo de curtir as belas praias e  paisagens paradisíacas. Confira a lista de praias dos litorais Sul e Norte, além de dicas de passeios e outras atrações que turistas e potiguares não podem deixar de conhecer.

Natal

Praia de Ponta Negra, com destaque para as dunas do Morro do Careca (Foto: Canindé Soares)

Praia de Ponta Negra, com destaque para as dunas do Morro do Careca (Foto: Canindé Soares)

As primeiras atrações ficam por conta das praias urbanas da capital potiguar. Em Ponta Negra, na Zona Sul da cidade, destaque para o visual do Morro do Careca, um dos principais cartões-postais da capital. Ao longo da praia, há bares, restaurantes, hotéis e pousadas. Pela Via Costeira, rota que liga as zonas Sul e Leste da cidade, é possível chegar às demais praias urbanas com uma bela vista do Parque das Dunas e da praia durante todo o trajeto.

Na outra ponta da via estão as praias dos Artistas, Areia Preta e do Forte – onde é possível visitar a Fortaleza dos Reis Magos. A edificação conta um pouco da história da capital e do próprio Rio Grande do Norte. O caminho ainda segue pela ponte Newton Navarro, que dá acesso à Praia da Redinha, conhecida pelo prato típico da ginga com tapioca.

Litoral Sul

Praia de Pirangi

Praia de Pirangi, com destaque para o maior cajueiro do mundo (Foto: Canindé Soares)

Praia de Pirangi, com destaque para o maior cajueiro do mundo (Foto: Canindé Soares)

A praia de Pirangi está a 15 minutos de Ponta Negra, tomando a pista dupla da Rota do Sol na direção sul. No caminho, vale uma paradinha para fotos em frente à Base de Foguetes da Barreira do Inferno, onde as visitas podem ser agendadas.

Logo em seguida, na Vila de Pium, fica a Praia de Cotovelo, de onde se pode ter a vista da barreira que dá o nome à base. É um despenhadeiro de falésias vermelhas à beira-mar. Em Pirangi também há passeios de barco até os parrachos.

A principal atração de Pirangi é o maior cajueiro do mundo, uma árvore centenária, de dez mil metros quadrados de copa, ainda em expansão e frutificando. Uma taxa simbólica é cobrada para a visita ao cajueiro, sendo revertida para a proteção e manutenção da árvore.

Pipa

Praia da Pipa é uma das mais conhecidas do Rio Grande do Norte (Foto: Canindé Soares)

Praia da Pipa é uma das mais conhecidas do Rio Grande do Norte (Foto: Canindé Soares)

Apontada como um dos dez lugares paradisíacos do Brasil, a praia da Pipa tem o acesso pela BR-101 ou beira-mar. Reduto de hippies e surfistas nos anos setenta, se tornou o local preferido por estrangeiros. Muitos fixaram residência e comércios no local.

Pipa é uma praia simples e chique ao mesmo tempo, com artesanato da terra e lojas de grifes famosas, mas principalmente um recanto de natureza exuberante com praias preservadas, falésias e reservas de mata atlântica.

A noite tem opções para todos os gostos. Os visitantes podem conhecer bares, pubs, restaurantes, pizzarias e boates.

Barra de Cunhaú

Coqueirais na praia de Barra de Cunhaú, no litoral Sul potiguar (Foto: Canindé Soares)

Coqueirais na praia de Barra de Cunhaú, no litoral Sul potiguar (Foto: Canindé Soares)

A praia é uma das mais completas do litoral sul. Vila de pescadores ainda preservada, a paisagem é formada por antigos e altos coqueirais, mangues, o rio e o mar. Há trechos de mar calmo à beira do rio e outros agitados, com boas ondas para surfe no Pontal. Também há bons hotéis e restaurantes.

O rio Curimataú, de água salgada, é ótimo para esqui aquático, windsurf, kitesurf, pescar e nadar. Há opção de passeio de barco para um banho na praia do outro lado, além de mergulho em uma das gamboas do manguezal. A praia fica a cerca de 13 quilômetros da Pipa.

Baía Formosa
Baía Formosa é uma baía lindíssima, paraíso de surfistas e ecoturistas. Possui uma vila de pescadores, praias virgens, reserva de mata atlântica preservada e uma pequena infraestrutura turística com barracas, bares, pousadas e chalés à beira-mar.

Passeios de buggy levam até a semideserta praia de Sagi, na divisa com a Paraíba. Com um pouco de sorte é possível avistar um peixe-boi-marinho em sua área de preservação. Vale uma visita à reserva da Mata Estrela. É a maior reserva de mata atlântica do estado, com quase dois mil hectares preservados à beira-mar. Ainda tem macacos, saguis, árvores centenárias e muitas espécies em extinção da fauna e flora nordestinas.

O acesso à Baía Formosa é feito pela BR-101, atravessando os canaviais ou de buggy, pelo litoral, partindo da praia da Pipa e cruzando os rios de balsa. Outra opção é o mergulho na Lagoa Araraquara, conhecida como lagoa da Coca-Cola, pela sua cor escura.

Litoral Norte

Jenipabu

A praia de Jenipabu e suas famosas dunas móveis (Foto: Canindé Soares)

A praia de Jenipabu e suas famosas dunas móveis (Foto: Canindé Soares)

As dunas de Jenipabu são conhecidas por terem sido palco de novelas como Tieta, O Clone e Flor do Caribe. A paisagem do encontro das dunas brancas, coqueiros, arrecifes e o mar formam um dos cartões postais mais bonitos do estado.

Localizada a 30 quilômetros de Natal, a praia é famosa pelos passeios de buggy nas dunas móveis. Outro passeio procurado é o de dromedário, que também acontece nas dunas. Para quem prefere o mar, uma volta de jangada é uma boa opção.

Há estrutura de hotéis, pousadas, bares, restaurantes e barracas à beira-mar.

Maracajaú
Maracajaú não é somente lindos coqueirais, dunas de areia branca e lagoas maravilhosas. É também o paraíso do mergulho. As águas claras e os 13 quilômetros de arrecifes de corais são protegidos pela Área de Proteção Ambiental de Maracajaú.

Lá se pode encontrar flutuantes fundeados com estrutura de bar e lanches. São fornecidas máscaras e respiradouros, além de serviço de mergulho com cilindro e aulas para iniciantes. O acesso ao flutuante é feito em lanchas rápidas e catamarãs.

O parque aquático Ma-Noa Park, perto da Ponta dos Anéis, tem estrutura de piscinas, tobogãs, bares e restaurantes. Vale uma visita à Árvore do Amor e ao farol no Cabo de São Roque.

Nas proximidades podem ser visitadas praias como Caraúbas, Pititinga, Punaú e Rio do Fogo. Maracajaú fica a 60 quilômetros de Natal. O acesso é pela BR 101.

São Miguel do Gostoso
A praia é o paraíso dos velejadores locais, nacionais até mesmo internacionais. O local é considerado um dos melhores para a prática do windsurf e kitesurf, e tem atraído um número cada vez mais crescente de esportistas do mundo inteiro.

O município tem muitas pousadas e vários bares com gastronomia diversificada. O Terminal Turístico do Gostoso, localizado na praia da Xêpa, é uma das atrações do local.

Pólo Costa Branca

A Costa Branca tem praias ainda virgens, onde a vegetação do sertão encontra o mar, o colorido das dunas e as falésias.

Visite Enxu Queimado e suas águas calmas, com rico manguezal. Caiçara do Norte, um povoado de vida simples e praias lindas. Vá à praia de Soledade, na área de prospecção de petróleo. Ela tem um visual diferente, resultado da constante queima dos gases da exploração de petróleo. À noite, as tochas de fogo viram atração turística.

Em Porto do Mangue as principais atrações são as dunas cor de rosa, falésias e praias desertas. Na enseada de Ponta do Mel podem ser encontradas dunas, as piscinas naturais da praia de São Cristovão e as dunas móveis da Praia Redonda.

Na praia de Galinhos, os visitantes vão se deparar com uma península isolada com manguezais, águas calmas, imensas dunas, lagoa e salinas. O acesso ainda é feito de barco e o transporte dentro da cidade em carroças.

A praia de Tibau é a última do litoral potiguar. Lá são feitas as famosas garrafinhas com desenhos de areias coloridas.

 

 

 

Deixe seu comentário:

Leia também:

Debate

Somente determinados usuários podem comentar esta notícia, se deseja comentar, por favor entre em contato com o administrador

© 2015 RioGrandedoNorte.Net - Todos os Direitos Reservados

O RioGrandeDoNorte.Net seleciona as notícias mais importantes da semana a partir das mais confiáveis fontes de informação setorial. Em algumas delas, agregamos o noticiário de um assunto em um só item, ressaltamos (negritando) ou até comentamos (grifando) a notícia original, caso pertinente.