Cúpula de segurança anuncia medidas para conter violência no Estado

8 de janeiro de 2015
Comentaristas:

As principais ações e metas para o reforço da segurança pública no RN foram apresentadas ontem (07) pela cúpula de segurança do Governo do Estado. De acordo com o governador eleito Robinson Faria, serão adotados já a partir deste mês, medidas que vão desde a convocação dos policiais cedidos a outros órgãos até a fusão de delegacias e ampliação dos recursos para diárias operacionais.

Segundo os números apresentados durante a coletiva para a imprensa, realizada na sede da Governadoria, os quadros da Polícia Militar são compostos por até 13.466 pessoas, mas apenas 8.848 postos estão preenchidos. Desses, quase 30% estão fora das ruas em face de cessões, licenças, afastamentos ou trabalho administrativo, o que significa dizer que, efetivamente, há cerca de 6.100 homens trabalhando no patrulhamento de todo o Estado.

Foto: O Jornal de Hoje

Foto: O Jornal de Hoje

De acordo com Faria, o Governo pretende realocar os policiais que exercem atividades administrativas para o policiamento nas ruas. O chefe do Executivo anunciou a aquisição de 50 novas viaturas, que já começam a operar na próxima semana, a criação de uma delegacia especializada em homicídios e a reestruturação do Instituto Técnico de Polícia, o Itep.

De maneira emergencial, os investimentos nas delegacias distritais e de homicídios já estão sendo liberados. “Acredito que até a próxima semana serão liberados R$ 3,6 milhões para a reforma das delegacias distritais e também das delegacias de homicídios do Estado. Acreditamos que essa seja a forma mais urgente de conseguir um melhor rendimento nas investigações dos homicídios”, explicou Stênio Pimentel, delegado geral da Polícia Civil.

A falta de mão de obra humana é um dos problemas a ser combatido na Polícia Civil, onde há déficit de 3.545 homens. Não foram anunciadas, no entanto, medidas como concurso público para cobrir a carência.Por outro lado, o delegado Stênio Pimentel, afirmou que a criação de uma delegacia especializada em homicídios será uma das prioridades do governo.

Para coibir a violência, a secretária de Segurança, Kalina Leite, anunciou um programa de combate ao tráfico de drogas e ações educativas de prevenção ao crack, essas iniciativas serão realizadas em parceria com outras secretarias do Governo estadual .

Deixe seu comentário:

Leia também:

Debate

Somente determinados usuários podem comentar esta notícia, se deseja comentar, por favor entre em contato com o administrador

© 2015 RioGrandedoNorte.Net - Todos os Direitos Reservados

O RioGrandeDoNorte.Net seleciona as notícias mais importantes da semana a partir das mais confiáveis fontes de informação setorial. Em algumas delas, agregamos o noticiário de um assunto em um só item, ressaltamos (negritando) ou até comentamos (grifando) a notícia original, caso pertinente.