José Dirceu está preso. Mas, e Maluf?

A pergunta que não quer calar: o ex-ministro José Dirceu foi preso pela segunda vez, acusado agora de participar do esquema do petrolão. Antes havia sido acusado de participar do mensalão. Mas, e Paulo Maluf?

Segundo o site Congresso em Foco, a Justiça britânica rejeitou nesta segunda-feira (3) a apelação das empresas Durant International e Kildare, ligadas ao ex-prefeito Paulo Maluf. A apelação foi contra uma decisão da Justiça de Jersey, que já havia determinado, em 2012, a devolução de US$ 23 milhões desviados de obras públicas em São Paulo durante a gestão de Maluf.

A prefeitura de São Paulo confirmou que o último recurso do caso Jersey foi julgado e que o Privy Council manteve a decisão de devolução do dinheiro das empresas Durant e Kildare ao município de São Paulo. A próxima etapa será a execução da sentença.

Na ação, a prefeitura argumentou que o dinheiro, que está em contas no exterior de empresas da família Maluf, veio de propinas pagas em um esquema de fraudes para desvio de recursos durante a construção da Avenida Água Espraiada (atual Avenida Roberto Marinho). De acordo com sentença de 2012, o dinheiro foi enviado ao exterior por Flávio Maluf, por ordem de Paulo Maluf.

Pois é. Cadê os panelaços das varandas gourmets do bairro chique do Moumbi em São Paulo, terra onde Maluf faz carreira política e aonde já foi prefeito da capital paulista e governador do estado? Os cofres públicos na época de Maluf prefeito foram surrupiados. O dinheiro do paulistano foi surrupiado. No entanto, Maluf está aí, livre, leve e solto.

Não era pra Maluf também está na cadeia, assim como Zé Dirceu? Por que dois pesos e duas medidas. Será que é porque Maluf não é petista?

Ora,ora,ora, caro leitor. Venhamos e convenhamos, hipocrisia não!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *