Catracas em colapso – novas leitoras dos coletivos não reconhecem meia passagem nem integração

9 de janeiro de 2015
Comentaristas:

Os usuários do transporte publico de Natal foram surpreendidos na última segunda-feira (5), com a implantação de novas máquinas do sistema de bilhetagem eletrônico nos ônibus que circulam na capital e região metropolitana. O antigo leitor de cartões foi desativado. A mudança repentina gerou confusão entre os usuários, que reclamaram de falhas na leitura dos cartões de passagem e dificuldades para fazer a integração entre linhas.

A equipe do Riograndedonorte.net esteve em um ônibus da linha 37, que faz o trajeto Cidade Satélite – Ribeira para saber como anda a adaptação da população ao novo sistema e constatou que, mesmo após cinco dias da implantação, usuários de transporte público ainda sofrem com erros provocados pelas novas máquinas.

Mudança dos leitores de cartão de passagem surpreendeu usuários no inicio da semana. Prefeitura de Natal não foi comunicada sobre alteração. (Foto: Daniel Turíbio)

Mudança dos leitores de cartão de passagem surpreendeu usuários no inicio da semana. Prefeitura de Natal diz que não foi comunicada sobre alteração. (Foto: Daniel Turíbio)

“A máquina não leu o meu cartão de passagem mas ele está com saldo, sim. Fiz a recarga na terça e já utilizei normalmente antes. Agora vou ter que pagar passagem inteira para poder passar na catraca, um absurdo!”, disse a estudante Nayara Souza.

“Essa troca inviabilizou o funcionamento do meu cartão, me obrigando a pagar passagem inteira e ir à Ribeira no dia seguinte para receber um novo. E se eu não tivesse dinheiro pra pagar a passagem inteira naquele momento?”, indagou o estudante Jarbas Cavalcanti.

Outra reclamação foram os problemas no momento de fazer a integração das linhas. O sistema permite ao usuário utilizar dois ônibus, durante o intervalo de uma hora, e pagar apenas uma passagem. “Ontem eu não consegui fazer integração. Essas novas máquinas não emitem o som que identifica o tipo de passagem (estudante, inteira ou gratuidade) e nem mostram o saldo disponível. Isso dificulta a vida da população”, explicou a funcionária pública Rafaela Teixeira.

Validadores de cartões foram modificados (Foto: Cláudio Abdon)

Validadores de cartões foram modificados (Foto: Cláudio Abdon)

Para quem é estudante ou tem o benefício do cartão gratuidade, ao embarcar em um ônibus, é necessário apresentar o cartão ao motorista ou cobrador para que a catraca seja liberada. De acordo com a Seturn, a implantação das novas máquinas não alterou as regras do sistema de bilhetagem eletrônica, apenas atualizou a tecnologia.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) informou que equipe técnica da secretaria elaborou um relatório a respeito da situação e vai encaminhar à Procuradoria Geral do Município (PGM) para que sejam tomadas as medidas judiciais cabíveis. Elequicina Santos, secretária da STTU, orienta que os usuários afetados anotem o número do ônibus e o horário ocorrido e liguem para o 156 para fazer a denúncia.

Deixe seu comentário:

Leia também:

Debate

Somente determinados usuários podem comentar esta notícia, se deseja comentar, por favor entre em contato com o administrador

© 2015 RioGrandedoNorte.Net - Todos os Direitos Reservados

O RioGrandeDoNorte.Net seleciona as notícias mais importantes da semana a partir das mais confiáveis fontes de informação setorial. Em algumas delas, agregamos o noticiário de um assunto em um só item, ressaltamos (negritando) ou até comentamos (grifando) a notícia original, caso pertinente.