Styvenson é mantido no comando da Lei Seca no RN

7 de abril de 2015
Comentaristas:

Horas depois de criticar a falta de estrutura e explicar por que decidiu se afastar das operações da Lei Seca em Natal e nas principais cidades do Rio Grande do Norte, o tenente  Styvenson Valentim voltou atrás, após reunião com o governador Robinson Faria no final da tarde de ontem. No perfil que mantém na rede social Instagram, o governador confirmou a permanência do militar à frente das ações no estado.

Após reunião, governador Robinson Faria publicou foto do encontro em seu perfil oficial no Instagram

Após reunião, governador Robinson Faria publicou foto do encontro em seu perfil oficial no Instagram

O tenente, inclusive, publicou uma carta aberta em sua página no Facebook explicado os motivos que o fez voltar atrás em sua decisão.

Tenente Styvenson publicou uma carta aberta intitulada “Minha Verdade”, em sua página no Facebook.

Tenente Styvenson publicou uma carta aberta intitulada “Minha Verdade”, em sua página no Facebook.

Desgaste

Seu trabalho rigoroso à frente do comando da operação Lei Seca no Rio Grande do Norteteve reconhecimento da mídia nacional e gerou polêmica na sociedade potiguar.

A falta de investimentos e valorização dos profissionais que participavam das abordagens fez com que Styvenson optasse por deixar o comando das ações.

"Tenente Styvenson Valentim não faz mais parte da blitz da Lei Seca" (Foto: o Jornal de Hoje)

“Tenente Styvenson Valentim não faz mais parte da blitz da Lei Seca” (Foto: o Jornal de Hoje)

A informação da saída do comando da blitz da Lei Seca foi confirmada pelo próprio tenente em entrevista para o Jornal de Hoje. “A situação é a seguinte: não adianta reclamar, pois nada vai mudar. Agora eu me dedico a palestras para educar os jovens, que mais para frente também irão se tornar motoristas. Falo com eles para que eles não virem essas pessoas sem educação que dirigem por aí”.

“Nós estávamos conseguindo um grande resultado, mesmo sem as condições ideais. Falei diversas vezes com os responsáveis para conseguir melhorar. E não é só questão de efetivo não, nem mesmo de equipamentos. Vai muito mais além disso”, afirmou Styvenson.

 

Rigor durante comando da operação Lei Seca gerou polêmica e foi destaque na mídia nacional. Foto: www.pmjucurutu.com.br)

Rigor durante comando da operação Lei Seca gerou polêmica e foi destaque na mídia nacional. (Foto: www.pmjucurutu.com.br)

 

 

Deixe seu comentário:

Leia também:

Debate

Somente determinados usuários podem comentar esta notícia, se deseja comentar, por favor entre em contato com o administrador

© 2015 RioGrandedoNorte.Net - Todos os Direitos Reservados

O RioGrandeDoNorte.Net seleciona as notícias mais importantes da semana a partir das mais confiáveis fontes de informação setorial. Em algumas delas, agregamos o noticiário de um assunto em um só item, ressaltamos (negritando) ou até comentamos (grifando) a notícia original, caso pertinente.