Veículos “tuk-tuks” chegam ao mercado potiguar

3 de junho de 2015
Comentaristas:

O Tuk Tuk também conhecido como auto-riquixá, é um modelo de riquixá (ou triciclo) motorizado com cabine para transporte de passageiros ou mercadorias, muito utilizado em diversos países em desenvolvimento, sobretudo no sul e no sudeste da Ásia. No Brasil, esse tipo de transporte chegou ao mercado em 2009 e aos pouco vai ganhando espaço no setor automotivo. Agora, o Rio Grande do Norte sediará a primeira concessionária especializada em triciclos.

Triciclos conhecidos como "Tuk-tuks" são homologados pelo Denatran e Ibama. Podem servir para transporte de passageiros e carga. (Foto: Divulgação)

Triciclos conhecidos como “Tuk-tuks” são homologados pelo Denatran e Ibama. Podem servir para transporte de passageiros e carga. (Foto: Divulgação)

Os tuk-tuks, que lembram pequenas carruagens, podem levar até três passageiros e ser utilizados no transporte urbano. Os triciclos de carga, por sua vez, têm capacidade para carregar até 350 kg. A concessionária localizada em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, será inaugurada no dia 10 de junho. Os veículos são fabricados pela Motocar, indústria brasileira de triciclos com sede na Zona Franca de Manaus. 

Os triciclos vêm sendo utilizados como alternativa as motocicletas em outras cidades do país,  já que os veículos alternativos podem transportar até dois passageiros. Os “tuk-tuks” também são uma opção com potencial de impulsionar as atividades comerciais de carga de micro e pequenos empreendedores da cidade.

 O investimento foi de aproximadamente R$ 300 mil para a abertura da unidade no estado.

Deixe seu comentário:

Leia também:

Debate

Somente determinados usuários podem comentar esta notícia, se deseja comentar, por favor entre em contato com o administrador

© 2015 RioGrandedoNorte.Net - Todos os Direitos Reservados

O RioGrandeDoNorte.Net seleciona as notícias mais importantes da semana a partir das mais confiáveis fontes de informação setorial. Em algumas delas, agregamos o noticiário de um assunto em um só item, ressaltamos (negritando) ou até comentamos (grifando) a notícia original, caso pertinente.